5 coisas que você deve ponderar antes de contratar um assistente virtual

5 coisas que você deve ponderar antes de contratar um assistente virtual

5 coisas que você deve ponderar antes de contratar um assistente virtual:

 

Antes de tudo, você deve estar se perguntando: O que faz um assistente virtual? 

Então, vamos entender um pouco sobre esta função que está muito badalada no momento. Imaginea seguinte cena: Você viu que ainda tem ma série de tarefas a serem concluídas, mas já é noite. Ficou ansioso? Que nada! Você envia um e-mail para seu assistente virtual, Pradish. Ele é um indiano formado em Administração de empresas, realiza tudo com maestria enquanto você dorme. Ah, e tudo isso por um valor en torno de $5 a $15 dólares.

O BOOM de assistentes virtuais causou também uma mudança no conceito sobre o que significa ser um assistente virtual. Os pioneiros no assunto criaram uma lista com o que faz e o que não faz um assistente virtual, para que não houvesse confusão com outros serviços, como os das secretárias virtuais.

Ser um assistente virtual está se tornando uma profissão oficial, em formato homeoffice em sua maioria. Um assistente virtual é alguém que fornece uma variedade de serviços para empresas e/ou indivíduos seguindo o padrões de trabalho. Quando falo padrões, me refiro ao formato de trabalho.

O primeiro ponto para se aproximar do que é um assistente virtual inclui exatamente o fato de SER VIRTUAL. Se você vai a reuniões com seu cliente fisicamente, você não é considerado um assistente virtual, e sim um freelance, consultor, ou até mesmo trabalho temporário e teletrabalho. Um dos padrões para ser um assistente virtual é ter a liberdade de trabalhar onde você quiser.

O segundo ponto sobre ser um assistente virtual é a distinção que é feita na descrição do trabalho como citei acima. Pode parecer exagero, mas a maioria dos assistentes virtuais não gostam da idéia de serem chamados de secretário ou de freelancer. Tecnicamente, um trabalhador freelance é aquele que só faz o trabalho de renda extra. Ao mesmo tempo, uma secretária é aquela que não faz o trabalho continuamente com apenas um cliente. Já um  assistente virtual “nasceu” para criar um relacionamento substancial e de longo prazo com uma empresa.

Agora, voltemos ao tema central do Post: 5 coisas que você deve ponderar antes de contratar um assistente virtual.

1. Teste, experimente: Forneça ao Assistente Virtual um mini projeto antes de prosseguir com um contrato. Eu, por exemplo, dou no mínimo 2 tarefas que custam não mais do que $40- $50 dólare para realizar(e claro, são tarefas que eu realmente desejo terceirizar, pois a conversão dólar x real não é para amadores rs). Eu acompanho as tarefas e pondero o resultado final se foi: WOW, Aceitável ou Nem Pensar. 

2. Busque indicações: O Asssitente Virtual pode lhe dar uma lista de pessoas para você entrar em contato e saber sobre os projetos executados? Se você contrara via ferramenta online, como o Fiverr, como andam os Reviews sobre este profissional em questão?

3. Gerenciamento de Projetos: Saber diferenciar uma tarefa ou conjunto de tarefas de um projeto é primordial. Além disso, ele precisa saber como lidar com mais de um projeto ao mesmo tempo. Antes da contratação, tenha uma conversa franca sobre o quão organizada é essa pessoa e até quanto ela suporta.

4. Disponibilidade: Os Assistentes virtuais trabalham para várias pessoas ao mesmo tempo. Não se assuste se ao invés se você for demitido como contratante, e não o assustente como contratado. Muitas vezes eles vao subindo na escala do “quem me paga mais”. Fique ciente de que você e seu projeto serão descartados no menor tempo necessário. Você também precisa estar alinhando novos Assistentes Virtuais, tentando dividir seu trabalho entre dois ou mais VAs para evitar problemas.

5. Profissionalismo: O Assistente Virtual responde seus e-mails, mensagens de texto de maneira profissional? É importante que esta pessoa trabalhe para você e tenha as habilidades certas para não queimar prazos de entrega. Certifique-se de dar uma “tarefa teste” para ela ou ele mostrar o compromisso com os prazos.

O maior diferencial que os assistentes virtuais vendem é a ideia de um relacionamento com um negócio e fazer disso o negócio deles. Isso vai além das expectativas de qualquer trabalho freela e afins. Isso também significa que os serviços que um assistente virtual pode fornecer serão acima do esperado de um funcionário que estaria ao seu lado.

Deixe uma resposta